quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Gaivota

 
 
 
 



Manhã cedo, com o sol ainda adormecido e a bruma matinal a pairar sobre o casario numa envolvência fria e húmida, a senhora gaivota, pousada no muro que circunda todo o espaço da fortaleza da Sagres, é a primeira observadora atenta às ondas na praia do surf situada lá em baixo, aninhada entre as altas falésias que lhe conferem proteção ao mesmo tempo que oferecem a beleza natural dos areais da costa vicentina.
 
 
foto e texto de Benó
 

5 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia
Não passava por aqui à muito tempo, mas hoje li este pedaço e fiquei a sonhar nessa Costa Vicentina.
O seu texto aliou-se à beleza natural do nosso mar e daquelas rochas que o enfrentam e o cercam.

São disse...

A foto casa muito bem com o texto.


Só que me parece que o destino da costa vicentina será semelhante ao do Algarve...

Bons sonhos

Beatriz Bragança disse...

Querida Benó
A gaivota está muito bem observada!!!
É uma ave privilegiada, no Algarve tão movimentado!Vê tudo,aprecia tudo,sem ter de pagar ingresso!!!
Uma fotografia magnífica!
Um texto ímpar!
Muitos parabéns! É sempre um enorme prazer poder ler os seus escritos!
Bom fim de semana.
Beijinho
Beatriz

Graça Sampaio disse...

Muito bela toda essa zona! Além de que adoro ver as gaivotas!

Beijinho

Graça Sampaio disse...

É muito bela toda essa zona. Além de que adoro gaivotas!

Beijinho