segunda-feira, 14 de abril de 2008

PASSEIO DOMINGUEIRO






Aproveitámos o lindo domingo de sol e fomos passear pelo campo mas também aproveitámos para dar uma olhadela às praias. Do miradouro da Torre d'Aspa tem-se uma visão estupenda de três praias: Castelejo, Barriga e Cordoama e dali, daquela altura sentimos que vale a pena viver no meio desta natureza .


É uma visão que não nos cansamos de ter, pois, há sempre novidades nas nossas observações .O elemento água está sempre em movimento e por isso nunca está igual, em cada momento que passa é diferente de si próprio e infindável. É relaxante, especialmente, para quem não gosta de monotonia.

No regresso, pelos caminhos de terra batida, bem conhecidos dos caçadores, dos pescadores, dos surfistas e dos amantes da natureza na generalidade, ainda vimos um perdigão que à nossa passagem levantou vôo, talvez à procura da sua fêmea.

As flores rasteiras abrem-se ao calor morno deste dia primaveril e claro que não resisti a colher algumas para vos oferecer. O rosmaninho é senhor e a flor amarela dos tojos impera nesta zona.






Manadas de vacas, rebanhos de ovelhas e cavalos pastando ainda fazem parte da imagem bucólica desta Algarve onde pertenço.

Foi um agradável domingo!

3 comentários:

Graça Pires disse...

Belo passeio. Belas flores. Quase lhes sinto o cheiro. Um beijo.

O Profeta disse...

Tens que vir aos açores amiga...


Total é a loucura do querer
Breve é chama da doce paixão
Total e insubmissa é a verdade
Que emana do teu terno coração

Sigo os passos da tua procura
Queda-se teu corpo nu em melodia incompleta
És instante da bondade dos Deuses
O canto de uma ribeira que o sol desperta


Majestoso fim de semana


Mágico beijo

Vieira Calado disse...

Conheço bem a paisagem.
São lugares de flores selvagens, rústicas e paisagem quase remota,
virgem, em certos aspectos.
Obrigado pelos comentários à minha poesia.
Beijinhos