domingo, 10 de fevereiro de 2008

O King e o Paxá


Gosto muito de flores mas também gosto de cães mas, cheguei à conclusão de que uma coisa é incompatível com a outra embora eu tenha de conviver com os dois.

O "King", tem este nome porque nasceu no dia 6 de Janeiro (dia de Reis), é um perdigueiro e devido à sua caracteristica de caçador, gosta de fazer buracos na relva para caçar não sei o quê, talvez "ralos" ou minhocas, não sei bem, pois ainda não cheguei a nenhuma conclusão do que é que ele procura quando esburaca a relva e parece mesmo louco na descoberta de qualquer coisa que nunca encontra. Além de que, faz o mesmo debaixo dos arbustos e na terra recentemente cavada. Revolveu um canteiro inteiro onde tinha semeado túlipas, claro que refiz tudo e mesmo assim não nasceram todas.

Claro que eu ralho, zango-me, ele olha para mim com aquela cara triste como é de apanágio de qualquer arrependido, mas o sentimento de arrependimento é de pouca duração e tenho sempre que inventar artimanhas para preservar as pobres das flores.

O outro "Paxá", tem este nome porque quando nasceu e enquanto foi cachorro era muito preguiçoso e só queria estar deitado.

Agora já adulto, é muito ciumento dos amigos que me visitam e sorrateiramente é capaz de lhes morder as pernas se os apanha distraídos a conversar connosco.No entanto, como rafeiro que é, é igualmente muito carinhoso e una óptima companhia de brincadeira com os elementos mais novos da família.

Assim, aqui ficam apresentados dois elementos do meu jardim que têm de conviver com as flores, sem deixarem de se portar como cães amigos e brincalhões e que nem sempre respeitam as minhas flores.

4 comentários:

Judite Pitta disse...

Pois muito bem, os canitos também têm direito a ter foto no blogue da dona e consequentemente no mundo da Net. Isto é que é serem "cães finos" pois embora fossem mais ou menos rafeiros a partir de agora passam a ter "pedigree cibernauta"!!!
Bom resto de fim de semana e muita paciência para a incompreensível loucura dos animais...

Judite Pitta disse...

Reparei agora que um dos cães é um perdigueiro, pelo que como me referi a ambos como "rafeiros" e para não ferir susceptibilidades caninas e não só, venho aqui retratar-me do meu erro. Só um é que é rafeiro, mas a partir de agora, ficam os dois armados em vedetas e as minhas desculpas pelo engano, a quem de direito!!

gasolina disse...

Olá Benó!

MUitos parabéns por este seu Jardim! Já andei aqui a passear-me e confesso-me rendida à beleza das suas flores. São lindissimas.

Quanto aos seus meninos sei bem do que fala. Eu tenho um Gaspar que não "trata" das plantas porque os meus três gatos encarregam-se disso, mas o Cão Gaspar dá conta dos rodapés, das portas e até das paredes! (Já não sei quantas vezes as reconstruí... mas neste momento creio, estou apta a trabalhar na onstrução civil).

E desde já muito obrigado pela visita e palavras tão gentis que me deixou na Árvore. Será sempre bem vinda.

Um beijinho e Tudo de Bom

risonha disse...

é por isso que eu não vou aí a casa fazer visita.... o Paxá ainda me atacava as pernas... eh eh eh
adorei este post. sabes bem que eu adoro cães.