quarta-feira, 10 de março de 2010

Patos

Aqui no Jardim não há patos nem patinhos, (creio que os câes não saberiam conviver com eles) pois, apesar de saberem voar, mergulhar e nadar, os canídeos que aqui moram iriam seguir o seu instinto de caçadores e "era uma vez um pato"

Seja qual fôr a sua espécie, (mudos, marrecos, reais, mandarins....) são aves espectaculares e muitos deles ostentam plumagem com lindos coloridos.

Estes são em marfinite, um materil duro e pesado e pintei-os, no Atelier, com acrilicos vistosos e metalizados.

Vão estar em exposição no C.C.de Vila do Bispo e, como muitos dos meus trabalhos, irão fazer parte de colecções dos meus amigos.

4 comentários:

Vieira Calado disse...

Espero o maior êxito para a sua exposição.
Tenho andado para mandar-lhe
uma coisa.
Hoje vai.

Beijinhos

Multiolhares disse...

E ficaram lindos, que a tua exposição seja um sucesso
beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Apesar do seu ar desajeitado, gosto dos patos, principalmente da espécie dos que tens pintados na foto.
Mas também aprecio um arroz de pato...
Muito sucesso para a exposição.
Querida amiga, bom fim de semana.
Beijos.

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, eu já comi os patos... isto é, já comentei há dias, mas não vejo o meu comentário...
Boa semana, beijos.