sábado, 18 de fevereiro de 2017

Gata








Andou na rua, pelos telhados, pelos campos. Passou fome, frio, desconforto. Muitos gatos a possuíram, muitas ninhadas pôs no mundo.
Um dia fartou-se da vadiagem e desejou uma nova vida onde houvesse carinho humano, comida e água fresca.
Escolheu uma família com casa no campo. Sorrateiramente, entrou por entre as árvores do jardim e junto às grandes vidraças de onde se via crianças brincando, fez o seu ar mais terno e pediu abrigo. As portas abriram-se e oito braços a  acolheram, abraçaram e, entre todos, deram-lhe um nome: GATA. Levaram-na ao médico, fez exames, tomou remédios.
Já não voltará a andar pelos telhados com um e com outro. Não passará mais fome.
Agora tem casa própria, quem lhe dê atenção, carinhos, alimentação e pode satisfazer uma das suas preferências que é deitar-se em cima do aquário como guardadora dos peixes coloridos que a provocam com as suas danças exóticas.

Apesar de ter tido uma vida difícil, a gratidão faz parte dos seus sentimentos felinos e com alguma frequência vai à caça para oferecer os seus troféus a quem a adotou. Ratinhos do campo, pequenas aves e alguns répteis estropiados são postos na porta da entrada da casa que a acolheu, como retribuição por tudo de bom que lhe tem sido dado.

É assim uma GATA que eu conheci.

texto e foto de Benó

9 comentários:

✿ chica disse...

Que linda gata e imaginei as oferendas dela aos donos, após suas caçadas,rs...Lindo! bjs, chica

Anónimo disse...

Bonita história,também tenho por cá umas gatinhas que fazem isso,os garos são adoráveis.

Miss Smile disse...

A GATA é linda!
E sim, os animais demonstram sempre gratidão por quem cuida deles. Muito bonita esta história :)

Graça Sampaio disse...

Tantas e tantas assim! Essa teve muita sorte. Que bom!!

Beijinhos e bem haja!

Graça Pires disse...

Que gata mais bonita. E que bom ter encontrado quem a alimenta e a mima...
Uma boa semana, minha amiga.
Um beijo.

Justine disse...

São animais especiais e superiores, os gatos! cada vez gosto mais deles, cada dia aprendo com eles!
A tua história é comovente e faz-me recordar a minha Gátia, qua também nos escolheu como donos e acabou por se afastar para morrer, sozinha e digna.

Elvira Carvalho disse...

E é uma gata linda.
Um abraço

Kakau disse...

Parabéns pela atitude! Também tenho vários que me escolheram! Sejam felizes!

Ana Freire disse...

E a Gata... é linda!
Adorei ouvir a sua história... muitas outras não terão sorte idêntica... restando adaptar-se às durezas da vida...
Beijinho!
Ana