terça-feira, 1 de junho de 2010

As malvas-rosa



O Jardim enche-se de côr. Por todo o espaço há rosas, cravos, gladíolos, agapantos, hortenses.

Hoje, é a vez de as malvas terem direito a ser mostradas no espaço da blogosfera. Não precisam de mimos nem carinhos especiais. Oferecem-me, simplesmente, toda a beleza do seu colorido e eu retribuo deixando-as viver no seu cantinho do Jardim.

4 comentários:

Multiolhares disse...

Como nos faz bem esse amor doado pelas plantas, pelas flores, elas ajudam com o seu colorido a colorir os nossos dias
beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Mas são lindas...
Por falar nisso, tenho que sair daqui para ir regar as minhas plantas e flores... chegou a hora...
Querida amiga Benó, bom fim-de-semana.
Beijos.

manuela baptista disse...

Benó

aqui entre as malvas

tão fáceis de amar e de cuidar

dou-lhe um abraço
pela paz do seu jardim!

Manuela

Nilson Barcelli disse...

Vê lá se sabes como se chamam as flores que coloquei com o meu poema de hoje. É que eu não sei mesmo como se chamam...
Pergunto-te porque acho que deves saber...
Querida amiga, boa semana.
Beijos.