segunda-feira, 4 de abril de 2016

Inconstante e Caprichosa

                                                                                                                Luisa Delartesa
 

A prima Vera irritante e mimada, visitou o Jardim.
Sorridente ou chorosa ei-la a bailar com as folhas que giram no ar.

Num momento sorri, envia convite para a praia, serve gelados, caipirinhas, abre os braços ao sol, desnuda-se, atira sonoras gargalhadas que se perdem nos bicos dos pardais na busca de sementes, dá cor às rosas, amarelo aos malmequeres, ajuda as espigas a se tornarem trigo.
Inconstante. Caprichosa, ventosa muda o seu estar num instante.
Dum tempo para outro tempo sem contagem de horas, altera o seu humor. Chama as nuvens que numa  obediência real acodem ao chamamento e, cumprindo ordens, tornam o dia luminoso e primaveril num dia escuro, invernoso rasgando-se barulhentas sobre a terra já florida.

Pendem os malmequeres. As papoilas desnudam-se. As amendoeiras sorriem.
É assim a inconstante e caprichosa prima Vera que uns adoram e outros nem por isso.

foto da net
texto de Benó

8 comentários:

✿ chica disse...

A ptimavera é assim mesmo: inconstante e volúvel! beijos, linda semana! chica

manuela barroso disse...


...mas que muitos a esperam com uma certa alegria apesar de seus humores!
Porque há dias sim, Benó!
beijinho

Catarina disse...

Um bonito texto!!!

Bjos

Ana Freire disse...

Em Abril... águas mil...
E assim tem sido... na verdadeira acepção das palavras, este ano...
Um excelente texto, que registou muitíssimo bem a essência da Primavera, e o seu lado mais instável!
Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
Ana

Miss Smile disse...

Será um problema hormonal? :)
Adorei o texto sobre os caprichos da prima Vera!

Um beijinho, Benó

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Benó.
A prima Vera está muito caprichosa, está. Quando estamos a acreditar que, finalmente vai-se o frio e vem o tempo airoso e já nos apetece despir as camadas de cima do corpo... pimba! Toca a ir buscar o "kispo" e meter as "apetências no bolso".
rrrrrsss

bj amg

Graça Pires disse...

A primavera anda mesmo de mau humor. Mas as flores não se queixam. Elas estão por aí a florir em todo o lado... Um texto muito belo, o deu, minha amiga Benó.
Um beijo.

Graça Pires disse...

Quis dizer o seu...
Peço desculpa.