quinta-feira, 17 de março de 2011

Funcho

Nas beiras dos caminhos que serpenteiam por esta terra do fim do mundo, entre trevos e erva azeda, começa agora a aparecer a folhagem rendilhada do funcho. Filho do sol é espontâneo nas colinas mediterrânicas que perfuma com o seu odor caracteristico de anetol.
As suas flores, em lindas umbélulas amarelas, só vêm desabrochar no fim do verão. No entanto, na mini horta duma amiga onde ela cultiva o funcho doce, este exemplar já está florido e as suas sementes serão, depois,utilizadas em molhos, pratos de peixe ou até no pão que ela confeciona caseiramente.

Este é o funcho doce, cuja base carnuda das folhas é comestível. Uso-a em saladas, cortada como se fosse um rábano ou ralada como a cenoura.
Não esqueçam, também, que o chá de funcho é ótimo para ajudar as digestões difíceis.
Nas minhas matinais caminhadas, colho sempre um raminho desta planta bem carateristica aqui da zona e vou aspirando o seu refrescante perfume.

2 comentários:

Ro Archela disse...

Pude até sentir o perfume com essa descrição e visual tão reais... Uma broa de fubá com sementes de fincho é tudo de bom!!!

Ana Rita Tonello disse...

Olá, uma delícia estar por aqui, parabéns por tudo e até por me emocionar ao ler suas mensagens, espero uma visitinha sua também, estarei sempre aqui para aprender e saborear a vida bjsss http;//ksarttricoecrocheatelier.blogspot.com.br/ Ana Rita