domingo, 23 de agosto de 2009

PLAYTIME

O Jardim é composto por árvores, arbustos, ervas, algumas daninhas, outras necessárias, flores de diversos matizes já totalmente desabrochadas, várias ainda em botão a esforçarem-se por se manterem frescas e viçosas neste verão quente, umas perfumadas, outras não tanto....

As árvores estendem os seus ramos, uns para mais longe, outros para mais perto e ao tocarem a terra propícia ao seu desenvolvimento, enraízam, criam força, tornam-se árvores independentes da árvore-mãe e oferecem a sua própria sombra e enchem-se de frutos.

Fui ver uma dessas árvores, beneficiar das delicias da sua sombra e encher-me do doce aroma dos seus frutos.

Para que a colheita não seja feita antes do tempo e muito menos por mãos alheias, é necessário que, por perto, sempre presente, esteja um guarda que imponha respeito, que atemorize com o seu ar carrancudo mas que, também, saiba receber quem vai por bem.


Depois, já retemperada com a sede saciada e de ter provado as guloseimas que me foram oferecidas, fui a outra paisagem desfrutar de "PLAYTIME". Foi no Convento do Espirito Santo, na sua Galeria de Arte, em Loulé.

Naquela tarde, ao deixar a rua quente e ensolarada e ao entrar na Galeria onde Joana de Vasconcelos expunha, os olhos encheram-se-me de colorido e senti-me transportada para um espaço alegre, bizarro e onírico.

Só, no meio duma sala de paredes brancas, eis o "PIANO DENTELLE".

Fechei os olhos e ouvi os sons que aquele croché me transmitia do piano sem pianista

8 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA BENÓ, MARAVILHOSA POSTAGEM AMIGA... ADOREI!!!
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

atma atom disse...

Revelas sensualidade e amor pelas coisas naturais... que bom !

Mais tarde ou mais cedo, os tiranos soltam a máscara.

Boa sorte para ti.

Nilson Barcelli disse...

Nunca tive dúvida, tu sabes olhar para as coisas.
Gostei do teu post, tão simples, mas tão tocante.
Querida amiga, um beijo.

Multiolhares disse...

Só quem tem a sensibilidade aguçada consegue descobrir a beleza das pequenas coisas
beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Passei para ver as novidades... mas não há...
Querida amiga, bom fim de semana.
Beijo.

Graça Pereira disse...

Adoro a natureza e tudo o que passa nela: os sons dos pássaros , o cair das folhas, o rebentar das novas plantinhas...tenho a felicidade de ter um jardim e sei que é ali, que vou carregar as "minhas baterias" .Gostei deste espaço natural para alimentar a minha alma. bj Graça

Baby disse...

Essa sensibilidade na ponta dos dedos, da língua e até do olhar, faz deste espaço um jardim florido, onde nunca falta uma sombra amiga...
Delicioso!
Beijinhos.

Marta disse...

Boa noite, um post muito natural...
as coisas que nos dão prazer...o mais importante de tudo.
Muito obrigada pela visita...
Espero que volte..
Beijos e abraços
Marta