segunda-feira, 15 de setembro de 2008

VIII Agro-Expo da Vila do Bispo

A todos os amigos que tiveram a amabilidade de me visitar neste stand, no decorrer da VIII AgroExpo, no meu concelho, aqui deixo expresso o meu MUITO OBRIGADA!

Na frente do meu espaço, encontrava-se este artesão fazendo cestos, como os que se vêem mais atrás.
Abençoadas mãos que sabem tecer peças bonitas e ainda úteis para o nosso dia-a-dia.
As crianças ficavam maravilhadas a vê-lo trabalhar e todas recebiam um pequeno molho do vime utilizado. A ele, também, o meu agradecimento pela sua presença.

5 comentários:

Justine disse...

Tanta coisa bonita, no teu stand! Não visitei, mas dá para ver na foto:))
O artesanato é a alma e a raíz da nossa gente, acho eu.
Abraço

O Profeta disse...

Frágil e palpitante luz
A beleza é feita de ternos murmúrios
A voz quebra a quietude do silêncio
A chuva leva a terra ao encontro dos rios

Não há fracassos no sonho
Caminhei nas nuvens para te ver do alto
Abri os braços ao relâmpago
Desci à terra, senti nos pés o frio basalto


Vem comigo escolher o caminho


Mágico beijo

laida disse...

Que pena que eu não pude ver tanta coisa bonita!
beijo

Nilson Barcelli disse...

Admiro as pessoas que são capazes de fazer destas coisas e peças de artesanato em geral.
Pela arte e pelo esforço que a actividade envolve, já que financeiramente nem sempre há a recompensa merecida.
Beijinhos.

O Profeta disse...

Olhos brilhantes maré tardia
Cabelos rebeldes em desalinho
Pés descalços no, frio barro
Um berlinde atirado ao caminho

Um bando de alegres pardais
Ou um domador de tempestades
Apenas um pássaro charlatão
Dividindo o pão em metades


Vem mergulhar com os Capitães do Calhau


Mágico beijo